Médio

medioeicv

Transformando o conhecimento em ação e resultados

O Ensino Médio é a etapa final de uma educação de caráter geral, afinada com a contemporaneidade, com a construção de competências básicas que situem o educando como sujeito produtor de conhecimento e participante do mundo do trabalho, e com o desenvolvimento da pessoa, como “sujeito em situação” – cidadão. Estamos focados intensivamente no ENEM, trabalhando de forma contundente as competências de dominar linguagens, enfrentar situações-problema, construir argumentação, compreender fenômenos, dentre outras.

Centralizamos esforços para que nossos alunos, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional:

  • Consolidem e aprofundem os conhecimentos adquiridos no ensino fundamental, possibilitando o prosseguimento de estudos;
  • Preparem-se basicamente para o trabalho e a cidadania como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico;
  • Compreendam os fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática no ensino de cada disciplina.

 

Nosso Ensino Médio funciona das 8h às 16h30, de segunda a sexta para o 1º e 2º e das 7h às 16h30, para o 3º ano.

ENEM – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica, buscando contribuir para a melhoria da qualidade desse nível de escolaridade.
A partir de 2009 passou a ser utilizado também como mecanismo de seleção para o ingresso no ensino superior. Foram implementadas mudanças no Exame que contribuem para a democratização das oportunidades de acesso às vagas oferecidas por Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), para a mobilidade acadêmica e para induzir a reestruturação dos currículos do ensino médio.

Respeitando a autonomia das universidades, a utilização dos resultados do Enem para acesso ao ensino superior pode ocorrer como fase única de seleção ou combinado com seus processos seletivos próprios, como ocorre ainda na Universidade Federal da Paraíba, que utiliza um Exame de Avaliação próprio, o PS (Processo Seletivo).

A Escola Internacional Cidade Viva, portanto, trabalha tanto o currículo do Processo Seletivo da UFPB como as Competências do ENEM, a partir da matriz de referência que se divide em quatro áreas do conhecimento: a) Linguagens, códigos e suas tecnologias, que abrange o conteúdo de Língua Portuguesa (Gramática e Interpretação de Texto), Língua Estrangeira Moderna, Literatura, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação; b) Matemática e suas tecnologias; c) Ciências da Natureza e suas tecnologias, que abrange os conteúdos de Química, Física e Biologia; d) Ciências Humanas e suas tecnologias, que abrange os conteúdos de Geografia, História, Filosofia, Sociologia e conhecimentos gerais.

“Para ser grande, sê inteiro”, disse Fernando Pessoa. Esta é a filosofia que adotamos na Escola Internacional Cidade Viva, onde o “ser grande” passa pela aprovação nos vestibulares, mas não encerra aí. Trabalhamos com simulados, professores capacitados, ensino integral, cursos de isoladas, dentre outras coisas, que já têm feito nossos alunos alcançarem os primeiros lugares em grandes Exames de Seleção, contudo, nunca esquecemos de ensinar que o “ser grande” só ocorre quando somos grandes por inteiro, quando buscamos vencer também os vestibulares da vida, tornando-nos alunos autônomos, cidadãos responsáveis e líderes que transformam o mundo, amando o próximo como a si mesmo e a Deus sobre todas as coisas.